Notícias

25.05.2020

Principais dúvidas sobre o desmame

Muitas mães, de primeira viagem ou não, ficam na dúvida sobre a hora certa de parar de amamentar. A verdade é que, muito se discute sobre, mas sem chegar a lugar algum. O desmame pode ser tão complicado quanto o início da amamentação, pois é o primeiro desligamento que ocorre entre mãe e filho. A Med-Rad separou algumas das perguntas mais recorrentes para responder e te ajudar a tomar uma decisão.

 

1) Qual a idade correta para desmamar meu filho?

Apesar da recomendação do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde de que a amamentação seja exclusiva até os seis meses de vida e complementar até os dois anos, não existe um momento ideal.

Dependendo da mãe e da criança, esse momento pode chegar mais cedo ou então mais tarde. Muitas vezes, com a novidade que a papinha representa, pode ser que ela já não se interesse tanto pelo peito. A rotina da mãe e a sua capacidade física e emocional também são fatores decisivos. 

O importante é conversar com o pediatra, para que o desmame não interfira na saúde do pequeno.

 

2) Como alimentar um bebê que parou de mamar?

A partir do sexto mês de vida, é normal começar a oferecer alimentos sólidos para o bebê. Caso a criança ainda peça pelo leite, a recomendação dos órgãos especialistas é oferecê-lo em um copinho, pois diferente da mamadeira, não causa prejuízos à mastigação e à fala.

Pode parecer demais para o seu filho, mas uma pesquisa realizada na Suécia comprovou que os movimentos que os bebês fazem quando sugam o peito são bem mais parecidos com os realizados ao beber em um copo.

Mas, pode ser que seja necessário um copo de transição antes, com bicos de silicone, para que a criança consiga, então, passar para um tradicional. Lembre-se de oferecer leite apenas quando ela estiver sentada, para evitar engasgos.

 

3) Como faço para parar de amamentar sem que o meu filho sofra?

Esse é um processo que deve ser feito de forma gradativa, quando a mãe se sente confortável. A melhor forma de conduzir para o desmame é substituindo uma mamada por algum alimento, de forma natural. Escolha uma refeição para ser substituída e observe a reação da criança. Conforme a sua adaptação, você pode trocar os outros horários também.

Evite oferecer o peito depois que ela se alimentar, pois diminuindo a quantidade de vezes que um bebê mama, a produção do leite materno acompanha esse ritmo, evitando que os seios fiquem pesados e cheios.

 

4) Meu filho ficará desnutrido caso eu pare de dar o peito?

Se ele continuar a receber leite, seja materno ou de fórmula, bem como alimentos saudáveis, ficará bem. As fórmulas especiais de leite em pó são enriquecidas com vitaminas e de fácil digestão para o organismo infantil. 

Mas atenção: é importante que todo o processo seja acompanhado pelo pediatra, para que o desenvolvimento da criança seja avaliado e tudo ocorra da melhor maneira.

AGENDAR EXAME AGORA