Notícias

06.11.2020

Novembro Azul: ser homem é se cuidar!

O cuidado é, frequentemente, associado à feminilidade, mas precisamos mudar essa crença retrógrada. O homem pode – e deve – se preocupar com a sua saúde, ainda mais quando o câncer de próstata é a segunda causa de morte por câncer entre os homens brasileiros. Assim, para quebrar o tabu que ronda a doença, separamos as principais informações para que todos possam se prevenir.

Para combater a desinformação, é preciso saber que a próstata é uma glândula, que só o homem possui, localizada na parte baixa do abdômen, especificamente abaixo da bexiga e à frente do reto (parte final do intestino grosso). Além disso, a maioria dos tumores que se desenvolvem nessa região crescem de forma tão lenta que não chegam a dar sinais, sendo essa uma das maiores preocupações.

Assim, em 95% dos casos a doença é descoberta já em estado avançado, segundo o Instituto Lado a Lado pela Vida (LAL), o que dificulta o tratamento. Por isso, é importante conhecer e estar atento aos seguintes sintomas:

  • Fadiga e perda de peso;
  • Fluxo urinário fraco;
  • Dor nas costas e outros.
  • Sensação de queimação da uretra;
  • Dor na região entre o ânus e o escroto;
  • Vontade de urinar com frequência à noite;
  • Presença de sangue na urina e no líquido seminal.

 

O diagnóstico pode ser feito através do exame de dosagem de PSA, quando avalia-se a quantidade do antígeno prostático específico presente no sangue, ou do toque retal. Esse segundo acaba por assustar muitos homens e até mesmo se torna uma desculpa para que a prevenção não seja realizada, apesar de ser rápido e indolor.

Vale lembrar que nenhum deles tem 100% de precisão e, por isso, pode ser que exames complementares sejam necessários. Já a biópsia, é o único procedimento capaz de confirmar o câncer e, nesses casos, a escolha do tratamento mais adequado deve ser individualizada e definida após médico e paciente discutirem sobre cada um.

Para prevenir-se, o ideal é manter hábitos saudáveis, como uma dieta balanceada e a prática diária de exercícios físicos. Diminuir o consumo de álcool e não fumar também são atitudes que ajudam a minimizar os riscos de câncer.

Não negligencie a sua saúde. Cuide-se para viver bem!

AGENDAR EXAME AGORA