Notícias

18.05.2018

Maio amarelo: um trânsito mais seguro é consciência de todos

Você sabia que durante um ano, mais de 37,3 mil pessoas morrem nas cidades e rodovias? O Brasil ocupa a quinta posição de países recordistas de mortes no trânsito, perdendo lugar apenas para Índia, China, EUA e Rússia, se esse número te assusta, chegou a hora de reverter a estatística e tomar uma iniciativa mais consciente. Um trânsito mais seguro é dever de todos, é por isso que desde 2014, a campanha Maio Amarelo promove ações com foco na responsabilidade de cada condutor e pedestre a fim de diminuir o número de acidentes.

TEMA

Neste ano, a campanha adotou como tema “Nós somos o trânsito” para chamar a atenção de todos os condutores: caminhões, ônibus, vans, automóveis, motocicletas, bicicletas e aos pedestres e passageiros, já que 90% dos acidentes têm como razão as falhas humanas, resultado de escolhas imprudentes e inadequadas. O objetivo é fazer com que a mobilidade urbana seja vista de forma coletiva e mais humanizada.

Acidentes

Os acidentes de trânsito estão no topo das ocorrências em hospitais de todo Brasil. Ciclistas, pedestres e motociclistas, são as categorias que mais se envolvem, se tornando muitas vezes vítimas fatais. O número de feridos também é preocupante, quase metade dos indivíduos são diagnosticados com politraumatismo, duas ou mais lesões de gravidade alta que podem atingir o mesmo ou diferentes órgãos da pessoa como o crânio e a medula. Traumas nos membros superiores também estão entre a lista dos mais frequentes, como os ossos do braço e do ombro.

Prevenção

Usar cinto de segurança é a forma mais eficiente para diminuir o risco de ferimentos graves e mortes em acidentes de trânsito. Gestantes e pessoas fisicamente debilitadas também devem fazer uso deste acessório para garantir a proteção de todos ocupantes do veículo, impedindo que em uma colisão os passageiros sejam arremessados para fora do transporte. Faça sua parte, use cinto de segurança e proteja vidas.

AGENDAR EXAME AGORA