Notícias

29.03.2021

Existe tratamento para queloide?

Antes de responder a essa pergunta, precisamos entender que os queloides são uma alteração benigna e que não apresentam riscos à saúde. Causados pelo excesso de proteína na pele, trata-se do crescimento anormal do tecido cicatricial. Dessa forma, se a pessoa tem tendência a formar queloides, qualquer lesão que possa causar cicatriz pode levar à sua formação.

É comum que essa alteração seja confundida com as cicatrizes hipertróficas, mas vale ressaltar que essas não ultrapassam os limites da lesão, diferente da queloide. Existem até mesmo casos, ainda que raros, em que as cicatrizes queloidianas se formam sem que a pessoa tenha se ferido, de forma espontânea.

Além disso, ainda que a maioria dos queloides sejam indolores, há algumas queixas de coceira leve ou sensação de queimação ao redor da cicatriz. Dependendo do local afetado, também pode ocorrer a limitação do movimento ou dor durante a ação. Entretanto, por não apresentar riscos à saúde, o maior desafio a ser enfrentado pode vir a ser o desconforto psicológico, devido às questões estéticas.

É por isso que muitas pessoas buscam conhecer as opções disponíveis de tratamento, que em sua maioria são para ajudar a reduzir os sintomas e evitar recidivas. A remoção cirúrgica também é uma possibilidade, mas deve-se levar em consideração que o novo processo de cicatrização pode levar ao reaparecimento do queloide.

Nesse, e em qualquer caso de procedimento cirúrgico, é fundamental que o médico tenha conhecimento sobre a existência de casos de queloide no histórico pessoal e familiar. Assim, sendo inevitável a realização da cirurgia, é possível tomar as medidas necessárias para diminuir o risco da lesão.

Mas, independente da causa da cicatriz, é importante manter alguns cuidados com ela, como:

  • Evite ficar muito tempo exposto ao sol;
  • Não arranhe, coce ou retire as crostas formadas;
  • Limpe a ferida e cubra-a com gaze limpa diariamente;
  • Adicione alimentos ricos em vitamina E à dieta.

Se você perceber que ela está se transformando em queloide, procure um dermatologista para que o seu caso seja analisado. Existem algumas pomadas cicatrizantes que podem ajudar caso utilizadas precocemente.

AGENDAR EXAME AGORA