Notícias

29.03.2018

Cuidado com a postura na frente do computador

 

Como seria o mundo sem o computador? É quase impossível imaginar! Afinal, usamos essa ferramenta para tudo: tanto nas tarefas profissionais como pessoal. Sem dúvidas o computador é muito útil no nosso dia a dia, mas você sabia que o mau uso deste aparelho pode acarretar problemas na coluna e na saúde como todo?

De acordo com o Ministério da Previdência, as causas de afastamento no trabalho se dá devido à má postura, passamos horas e horas na frente do computador e esquecemos de nos posicionarmos de forma correta. Fique atento, pois as dores podem comprometer sua produtividade e concentração durante o trabalho.

Consequência de uma má postura

Dor nas pernas

Manter as pernas dobradas durante um longo período do dia pode atrapalhar o fluxo sanguíneo, fazendo até com que o coração bata mais forte.

Dor na cabeça

Permanecer na frente do computador de forma incorreta pode gerar diversos tipos de dores de cabeça, isso porque existe um excesso de contração muscular que também causa ansiedade, estresse e tensão.

Dor na lombar

Ficar em uma mesma posição mais de 20 minutos afeta a elasticidade dos tendões e ligamentos musculares das costas, provocando desconforto em algumas regiões do corpo, principalmente nas pernas e nas costas.

Além disso, os vícios posturais são responsáveis por diferentes patologias como lesão por esforço repetitivo (LER), escoliose, tenossinovite e cifose torácica.

Postura ideal

Antes de mais nada, escolha uma mesa e cadeira adequada que permitam maior espaço para movimentar as pernas e posicionar os acessórios como: teclado, mouse e monitor. A distância entre monitor do computador e o usuário precisa ser de aproximadamente 70 cm e deve estar ao nível dos olhos.

Durante a digitação mantenha as mãos retas, digitando suavemente e evite realizar o mesmo movimento várias vezes ao dia sem intervalos.

Prevenção

Lembre-se de fazer pausas durante o trabalho para alongar o corpo, esse hábito é muito importante para prevenir futuras doenças. Faça mais de um alongamento por dia e procure levantar a cada 50 minutos. Se as dores se tornaram rotineiras, procure um especialista e realize exames de diagnóstico para detectar qualquer tipo de doença crônica.

AGENDAR EXAME AGORA