Notícias

08.09.2021

Como cuidar de queimaduras

Você provavelmente já sofreu com queimaduras, seja depois de um dia inteiro na piscina ou até mesmo por um descuido na cozinha. Mas, sendo a nossa pele o maior órgão do corpo humano, com a principal função de nos proteger de agressões externas, é preciso cuidar muito bem dela! Por isso, preparamos essa matéria para você entender os tipos de lesões e o que fazer em cada caso, evitando assim consequências mais graves.

Primeiro, é preciso entender que essa proteção vem da organização e estrutura da pele, em especial das duas primeiras camadas, e que apesar da sua importância, a pele é um tecido bastante sensível. Assim, uma vez que a integridade do órgão e outros tecidos é danificada, as células no local da lesão morrem e diferentes substâncias são liberadas, promovendo uma série de reações químicas e biológicas.

Além disso, há diferentes tipos de queimaduras, que podem variar entre 1º e 3º grau, a depender da quantidade de camadas da pele que foram atingidas e ao aparecimento das reações locais, como vermelhidão, bolhas e lesões em músculos e ossos. Por isso, cada uma demanda um tipo de cuidado diferente:

 

  • Queimaduras de 1º grau

Geralmente causadas pelo Sol, são superficiais e têm como característica a vermelhidão na região, inchaço e dor. Não há formação de bolhas e a pele não se desprende, podendo apenas ficar um pouco escura após a cicatrização, voltando ao tom normal com o tempo.

O tratamento mais indicado é que você lave imediatamente o local com água fria e sabão neutro, por mais de 5 minutos, para resfriar a pele e deixá-la limpa. Aplique também compressas de água potável gelada e uma fina camada de creme hidratante ou loção pós-sol, mas evite passar vaselina, pois a gordura pode piorar a queimação.

 

  • Queimaduras de 2º grau

Por comprometerem a epiderme, além de serem acompanhadas de dor mais intensa, nesses casos é comum o aparecimento de bolhas ou o desprendimento total ou parcial da pele afetada. A recuperação pode deixar cicatrizes e manchas claras ou escuras.

Os primeiros socorros envolvem lavar a região com soro fisiológico ou água corrente e sabão neutro, a fim de limpar e diminuir a dor, e proteger a lesão. Além disso, é importante não romper as bolhas ou puxar o tecido. E ainda, caso a queimadura tenha mais de um palmo, o recomendado é ir ao pronto-socorro para um atendimento profissional.

 

  • Queimaduras de 3º grau

Por serem mais graves, uma vez que ocorre a destruição total de todas as camadas da pele, esse tipo de lesão deve ser sempre tratado no hospital, pois geralmente é preciso ficar internado. E não se deixe enganar pela dor, que pode não ser tão intensa, já que as terminações nervosas acabam sendo danificadas devido à profundidade.

E ainda, vale ressaltar que soluções caseiras, como passar manteiga, pó de café e até mesmo creme dental devem ser evitadas! Além de dificultarem a avaliação médica, elas podem inclusive piorar a queimadura e agravar o caso. Por isso, o mais indicado é que, na dúvida, procure ajuda de um profissional, que irá te orientar sobre os cuidados.

AGENDAR EXAME AGORA